A Normalização do Desvio no Paraquedismo

Caramba, normatização do desvio! O que será que quer dizer isso, e por que isso tem a ver comigo e com um Paraquedismo Mais Seguro?

Bem, o paraquedismo é um esporte de risco, e dependendo de como você o encara, de como você o respeita, do seu conhecimento, das suas habilidades e atitudes (CHA – aprendi isto no último curso com os alunos), ele pode ser mais ou menos seguro. A sua atitude (pré-disposição mental) com relação ao paraquedismo pode determinar o resultado dos seus saltos. A hesitação, a falta e o excesso de confiança e o ego também podem determinar um fim trágico neste esporte.

Em minhas próprias palavras, normalização do desvio é quando uma Norma passa a não se cumprida, e aquilo passa a ser aceito como normal, uma vez que nada aconteceu. Por exemplo, “saltei sem o capacete e nada aconteceu comigo, por isso vou saltar novamente sem capacete”. Depois de saltar várias vezes sem capacete, o paraquedista pode achar que é desnecessário usar capacete no salto.

A normalização do desvio é um termo batizado pela professora Diane Vaughn que escreveu um livro sobre o assunto depois que a Challenger da NASA explodiu em 1986. O livro faz um estudo de caso e mostra que mesmo a NASA pode se desviar das Normas e ter acidentes de pequenas e grandes proporções.

No paraquedismo temos muitos casos de normalização do desvio, sendo que alguns deles nem são mais percebidos como desvios. Um deles que ocorre com frequência é o salto atravessando nuvens. Muitas vezes, até mesmo a separação e abertura são feitas dentro da camada. Separar e abrir o paraquedas sem totais condições visuais é um perigo muito grande e nunca deveria ser permitido, especialmente por razões puramente comerciais, como é o caso do salto duplo.

No dia-a-dia devemos manter sempre o zelo e a disciplina com relação a segurança se queremos praticar o paraquedismo com segurança. Não sejamos complacentes com a normalização do desvio.

Anúncios

5 comentários Adicione o seu

  1. Nykolas montebugnoli disse:

    Perfeito. Porém quando lutamos contra a normalização do desvio. Somos tachados de chatos e até ganhamos apelidos de rigorosos, Caxias , ou até de polícia. A normalização do desvio se da pela falta de punição da Cbpq. Foi, é, e sempre será assim. Nykolas montebugnoli. Cbpq 32845d. Autor de 150+ denúncias , de desrespeito a norma , com o total de 0 atendidas. 21 anos de esporte. 0 de esperança em ver algo acontecer.

    Curtir

    1. Certamente Nykolas, porém temos que continuar lutando por um Paraquedismo mais seguro.

      Curtir

  2. O perigo é tornar o desvio em um hábito nocivo no Paraquedismo.

    Curtir

    1. Justamente José Augusto. Na realidade, como já diz o nome, o desvio passa ser a nova Norma, ou seja, vira um novo hábito aceito e nocivo.

      Curtir

  3. Newton Nogueira disse:

    Acho que poderia ser um tópico a ser comentado em “Dias de Segurança” e briefing de área, pois além de muitos terem o habito da “normalização do desvio”, podem trazer riscos por esta conduta em novas áreas as quais visitam pela primeira vez.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s